Miguel Oliveira admite frustração após queda no GP da Catalunha

Miguel Oliveira caiu na corrida sprint do GP da Catalunha e admitiu ter ficado frustrado com este momento. No momento do acidente, faltavam apenas três voltas da corrida sprint.

“Tive um bom arranque e estava nos pontos, o que não era mau. Mas, de repente, perdi a frente da mota à saída da curva cinco e, pronto, foi tudo. Não me estava a sentir muito bem com a frente e mesmo a traseira perdeu desempenho após as primeiras voltas”, explicou o piloto natural da Trackhouse, em declarações difundidas pela equipa.

O ‘Falcão’ explicou que “perdeu a frente no final da curva cinco” e que a queda não está relacionada com os travões. “Quanto muito, até estava a ser conservador, mas não o suficiente para evitar a queda”, revelou o português.

Numa tentativa de ver o lado positivo da coisa, Oliveira regozija-se por, “pelo menos” ter conseguido “fazer tempos competitivos”.

Artigos Relacionados